Filé de frango ao molho de laranja para o Dia dos Namorados

Filé de frango ao molho de laranja
Ingredientes

4 filés de frango
2 dentes de alho grandes amassados
1/2 colher (de café) de pimenta do reino moída
Sal a gosto
2 colheres (de sopa) de óleo
Molho de Laranja
1 xícara (de chá) de suco de laranja Longavita
1 colher (de chá) de manteiga
2 colheres (de chá) de amido de milho
1 colher (de chá) de açúcar
Folhas de manjericão para polvilhar

Modo de Preparo

Coloque os filés de frango em uma tigela e tempere com o alho amassado, o sal e a pimenta do reino, misture bem e deixe tomando gosto por no mínimo 30 minutos. Depois aqueça o óleo em uma frigideira e frite os filés. Coloque-os na frigideira quente e só vire os filés quando eles já estiverem dourados. Não fure os filés para eles não ressecarem e nem fique esfregando ele na frigideira, coloque eles lá e só vire quando dourar. Assim que dourar dos dois lados, já está pronto. Reserve.

Receita de carne ao Molho de Laranja

Ingredientes da carne ao molho de Suco de Laranja

1 lagarto em peça (aproximadamente 2kg)

3 dentes de alho picados

1 cebola ralada

2 folhas de louro

2 xícaras (chá) de suco de laranja @sucolongavita

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Tempere a carne com o alho, a cebola, o louro, o suco de laranja, sal, pimenta e deixe descansar por 20 minutos. Retire a carne da marinada e reserve o tempero. Em uma panela de pressão, em fogo alto, doure o lagarto por todos os lados. Acrescente a marinada, cubra com água e cozinhe por 50 minutos depois de começar a chiar, em fogo médio. Desligue o fogo e espere a pressão sair naturalmente. Retire a carne, fatie e sirva acompanhada do molho da panela.

sucodelaranja #sucolongavita #longavita #bebasaude #longavita #receita #carnecomlaranja

Chester ao molho de laranja

Que tal preparar um delicioso Chester ao molho de laranja para deixar suas festas de fim de ano ainda mais especiais? É muito fácil de fazer! Experimente!

Tempo: 1h30 (+6h de descanso)
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: fácil

Ingredientes do Chester ao molho de laranja

  • 3 xícaras (chá) de suco de laranja Longavita
  •  2 xícaras (chá) de água
  • 4 dentes de alho descascados
  • 1 cebola em pedaços
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 envelope de caldo de galinha em pó
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 Chester (aproximadamente 4kg)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga amolecida
  • 1 colher (sopa) de amido de milho
  • Abacaxi, cereja em calda e pêssego em calda para decorar

Modo de preparo

Bata no liquidificador o suco de laranja Longavita, a água, o alho, a cebola, o louro, o alecrim, o caldo de galinha, sal e pimenta.

Coloque o Chester em uma travessa, regue com o molho e leve à geladeira por 6 horas, virando na metade do tempo. Retire da marinada e seque com papel-toalha. Transfira para uma fôrma e besunte com a manteiga.

Regue com o tempero coado e leve ao forno alto (200ºC), preaquecido, por 30 minutos. Diminua a temperatura para média e asse por mais 1 hora e 15 minutos ou até o termômetro da ave subir, regando com o molho a cada 30 minutos.

Coe o molho que sobrou na fôrma e despeje em uma panela. Adicione o amido de milho e leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar.

Coloque a ave em uma travessa, decore com frutas em calda e sirva acompanhada do molho.

Fonte: Guia da Cozinha

O verão pede Suco de Laranja!

Sol, praia, roupas leves e passeios no parque! Coisas boas que o verão traz. Nossa saúde, no entanto, requer alguns cuidados para que a estação possa ser aproveitada ao máximo. Protetor solar, por exemplo, é fundamental para a pele. Falando nela, sabia que a laranja proporciona diversos benefícios ao maior órgão do corpo humano?

A fruta possui propriedades adstringentes e tonificantes, bem como antioxidantes e Vitamina C, que evitam o surgimento do câncer de pele e previne rugas, manchas e outros sinais de envelhecimento precoce.

Já na hora de aproveitar o dia bonito e se exercitar, tomar um suco de laranja também é uma ótima ideia. Segundo pesquisas realizadas pela UNESP-Araraquara, mulheres que ingeriram 500ml de suco de laranja antes dos exercícios físicos tiveram um aumento de 18% no colesterol bom (HDL) e uma redução de 15% no colesterol ruim (LDL). Para os homens, os resultados foram praticamente os mesmos.

E esses benefícios valem para o pós-treino também. Um estudo da Faculdade de Ciências Médicas da Unesp provou que a bebida é essencial para hidratar o corpo depois da prática esportiva, além de ser uma ótima repositora energética, que nos faz liberar um hormônio chamado “leptina”, responsável por avisar o cérebro de que o organismo está satisfeito.

E ainda tem mais: se uma das metas de ano que você traçou foi começar ou retornar para a academia, mas está receoso quanto às dores, uma forma cientificamente comprovada de reduzir a fadiga muscular é ingerindo um copo de suco de laranja depois dos exercícios! Isso porque a bebida ajuda a diminuir a produção do ácido lático, que é o responsável pela sensação de queimação e de dor nos músculos e articulações.

Mercado de sucos: Saiba porque ele vai crescer tanto…

Inovações na Indústria

A indústria de sucos está investindo no desenvolvimento de produtos naturalmente saborosos, nutritivos, saudáveis e naturais. Além disso, embalagens também estão passando por mudanças, para que armazenem com mais qualidade e garantem todos os nutrientes. Há tecnologias de acondicionamento, por exemplo, que permitem a conservação de bebidas com pedaços de frutas, cereais e outros alimentos. Outra tecnologia empregada é a asséptica, que é capaz de manter o suco seguro, saboroso e fresco sem refrigeração, já que a bebida é pasteurizada e não possui conservantes.   

Aumento do consumo de sucos

Desde 2010, o consumo de refrigerante pelos brasileiros está caindo. Porém, de acordo com pesquisas do Instituto Market Probe Internacional e Euro RSCG Worldwide, a venda de produtos naturais cresceu 98% entre 2009 e 2014. Os sucos, especialmente os detox, estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável e equilibrado.

Aproveitando um mercado com tantas perspectivas positivas, o investimento de micro e pequenos empreendedores nessa área é crescente. Por isso, ter um equipamento que garanta sucos de alta qualidade é imprescindível. Conheça a Laranja Express e faça o seu negócio crescer.

Aliado da saúde infantil, suco de laranja deve ter consumo limitado

Foi-se o tempo em que o suco de laranja era considerado um vilão da dieta. Além de contribuir para a perda de peso em adultos – dentro de uma alimentação adequada -, a bebida é benéfica para a saúde óssea das crianças e também para melhorar a absorção do ferro. O consumo, porém, deve ser limitado devido ao alto teor calórico do alimento.

“A laranja é muito rica em componentes importantes para o organismo. Historicamente, a fruta é conhecida por suas propriedades funcionais desde o século 18 quando, durante as navegações, apareceu o escorbuto. O suco de cítricos era uma forma de curar a doença”, conta Rubens Feferbaum, professor livre-docente em pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Escorbuto é uma doença causada pela grave ausência de vitamina C no organismo e, entre os sintomas, estão hemorragias nas gengivas, fraqueza e dores nas articulações. “O suco natural de laranja é fonte rica em vitaminas, minerais e flavonoides, compostos importantes contra reação inflamatória do organismo”, explica Feferbaum.

A vitamina C é o nutriente predominante e mais conhecido da fruta e, segundo menciona um estudo americano, é essencial para a saúde óssea. Como tem função antioxidante, a vitamina protegeria o tecido da ação dos radicais livres, além de atuar na síntese de colágeno – substância que constitui a maior parte da composição dos ossos.

O estudo avaliou o consumo de suco de laranja fortificado com cálcio e vitamina D, importantes na proteção óssea, por pessoas a partir de quatros anos de idade. Em crianças, a ingestão foi positivamente associada à densidade mineral óssea do fêmur.

Naturalmente, a laranja possui cálcio, mas em menor quantidade. Por isso, o professor da FMUSP diz para se considerar o suco 100% integral vendido em supermercados, por exemplo. Porém, é preciso se atentar ao consumo do produto.

“Não há recomendações para o consumo desses sucos [por crianças], apenas sucos in natura [direto da fruta]. Por isso, oriento que o consumo seja feito após um ano de idade, de forma moderada e esporádica, respeitando as recomendações por idade”, diz Renata Alves, nutricionista especialista em materno-infantil.

Frutas é a mais rica quando se fala em alimentação saudável e deve ser incluída em dietas.

A recomendação dela é que esse tipo de bebida só seja oferecida aos pequenos quando não houver a fruta ou suco natural da fruta. “Sucos industrializados, mesmo que 100% integral, sofrem perda de vitaminas e fibras, além de algumas marcas usarem conservantes para o alimento não oxidar e durar mais tempo”, afirma.

Renata cita a recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria para consumo de sucos de frutas:

Até seis meses de vida: sem qualquer suco natural, apenas leite materno conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde;

Após seis meses: devem ser evitados, mas, se forem oferecidos, que sejam dados no copo, de preferência após as refeições principais e em dose máxima de 100 mililitros por dia;

Crianças de um a seis anos: máximo de 150 mililitros por dia;

Crianças e adolescentes de sete a 20 anos: máximo de 240 mililitros por dia.

A ressalva para o consumo após os seis meses de vida é para auxiliar na absorção do ferro, mineral proveniente de leguminosas e verduras, explica Renata.

Vitamina C e ferro. Em outro estudo, os pesquisadores deram a 21 crianças, entre quatro e oito anos de idade, um muffin fortalecido com ferro mais suco de laranja e depois de maçã. Como resultado, a primeira bebida potencializou a absorção do mineral.

“Quando observamos que grande parte das crianças brasileiras tem déficit de ferro, vemos que em alguns casos há a necessidade de suplementação e manejo da vitamina C após as refeições principais”, diz Renata. O mineral previne anemia e atua para que a hemoglobina, célula presente no sangue, transporte o oxigênio para todo o corpo.

Mas ainda que o suco de laranja seja bom, o consumo da fruta fresca é o mais recomendado. “Três gomos de mexerica, ou 1/4 de laranja, são suficientes para melhorar a absorção do ferro, o que prova que o suco da fruta é desnecessário até um ano de idade”, reforça a nutricionista.

O professor da FMUSP acrescenta que a laranja é rica em fibras que, além de melhorar o funcionamento do intestino, regula a glicemia. A quantidade está relacionada à saciedade, o que faz com que contribua para a perda de peso. Renata informa que meia laranja (85 gramas) tem 40 quilocalorias e duas gramas de fibra.

Mais benefício. O suco de laranja também foi usado em um estudo como meio de aumentar o nível de DHA no organismo das crianças com suplementação. O DHA é um ácido graxo muito presente em peixes e auxilia na incorporação do sistema nervoso e na retina, principalmente dos pequenos. A pesquisa ressalta, porém, que outras análises são necessárias para determinar os benefícios dessa prevalência, particularmente ligados à capacidade de atenção e memória.

Cuidados. Embora tenha inúmeros benefícios, os especialistas chamam atenção para o alto teor calórico da laranja devido à presença de açúcar natural (frutose) e carboidrato – que se transforma em açúcar no organismo. No geral, a recomendação é que qualquer suco dado a crianças seja feito apenas da fruta, “sem diluição (água), sem coar e sem adoçar”, orienta Renata.

A nutricionista indica ainda que a bebida deve ser ingerida de imediato ou, no máximo, em duas horas – dependendo da fruta e do armazenamento -, porque “todo processo que essa fruta passa, inicia-se a oxidação dos nutrientes”.

O excesso de vitamina C também é prejudicial, segundo Feferbaum, e pode resultar em cálculo renal, embora seja raro. Outro ponto comum para os especialistas é que o suco de laranja é considerado alimento – ou seja, não deve ser usado para hidratar o corpo. Nesse caso, a melhor opção é ingerir água.

Muito além do reforço contra gripe: 12 benefícios da laranja para a saúde…

Além de ser rica em vitamina C, a fruta possui flavonoides e diversos nutrientes importantes para prevenir doenças e deixar o organismo mais resistente.
A laranja faz parte do cardápio de diversas pessoas que optam pelo suco da fruta pela manhã ou para acompanhar refeições. Além de ser usada como ingrediente de diversas receitas ou consumida in natura . A fruta está disponível para o consumo praticamente durante todo o ano. Confira, a seguir, os benefícios da laranja:

1. Reduz risco de AVC


De acordo com a American   Heart   Association , consumir laranjas e frutas cítricas pode reduzir o risco de acidentes vasculares cerebrais isquêmico (AVC) em mulheres. O problema de saúde é causado pela obstrução nas artérias do cérebro. Segundo a pesquisa, que contou com mais de 69 mil pessoas, aquelas que comeram mais a fruta diminuíram o risco de derrame em 19%. Os pesquisadores acreditam que os flavonoides são os responsáveis por esse benefício, pois melhoram a função dos vasos sanguíneos e têm efeito anti-inflamatório.

2. Pedras nos rins


Sucos de laranja congelados podem ser mais nutritivos do que os naturais
Consumir diariamente suco de laranja fortalece o organismo das crianças
Fruta em excesso também engorda; saiba quais são as mais e menos calóricas. Uma pesquisa realizada pela University of Texas South western Medical Center (EUA) mostrou que o consumo de suco de laranja pode ajudar na prevenção de pedras nos rins. Esse problema de saúde acontece quando formam-se pequenos cristais nos rins e canais urinários, devido ao excesso de algumas substâncias no organismo. Foram examinados homens saudáveis e com pedras nos rins que ingeriram suco de laranja. O líquido da fruta produziu uma carga alcalina e diminuiu os níveis de ácido úrico no corpo, o que ajuda a controlar as pedras nos rins. Há um aumento no nível de citrato na urina, que ajuda a prevenir a formação de cálculos renais.

3. Diminui o colesterol


O consumo da laranja diminui os níveis de colesterol ruim no organismo. Os flavonoides presentes na fruta limitam a absorção do colesterol no intestino. A laranja também é rica em vitamina C, flavonoides, betacaroteno e fibras, por isso é ideal para combater o colesterol ruim (LDL). As fibras presentes na laranja também diminuem a absorção do colesterol presente nos alimentos.

4. Evita o câncer


Diversos estudos relacionam o consumo de frutas cítricas, como laranjas, à diminuição do risco de aparecimento de alguns tipos de câncer. Elas podem proteger contra câncer de mama, estômago, esôfago e pâncreas. Isso porque possui os flavonoides, que atuam como antioxidantes e podem bloquear o surgimento de determinados genes, responsáveis por doenças degenerativas, incluindo o câncer. A vitamina C também atua removendo e interrompendo as reações dos radicais livres, auxiliando na prevenção de alguns tipos de câncer.

5. Melhora a memória


Beber suco de laranja todos os dias pode ajudar a melhorar a função cerebral em pessoas idosas, segundo um estudo divulgado pelo The American Journal of Clinical Nutrition. A pesquisa foi realizada com 37 pessoas com idade média de 67 anos que beberam cerca de 500 ml do suco por oito semanas. Como resultado, eles apresentaram melhora geral nas funções cognitivas em comparação com um grupo que não consumiu o suco. A vitamina C é um antioxidante que ajuda na sinapse dos neurônios, ou seja, melhora a transmissão de impulsos nervosos de uma célula para outra.

6. Protege os olhos


Um estudo divulgado pela West mead Institute for Medical Research mostrou que pessoas que comiam pelo menos uma laranja por dia diminuíram em 60% o risco de ter degeneração macular. A doença ocular pode levar à perda progressiva da visão. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores acompanharam mais de 2 mil australianos acima de 50 anos por 15 anos.

7. Protege o coração


Comer frutas cítricas, como as laranjas, pode ser bom para o coração. É o que afirma um estudo japonês que mostrou que as pessoas que comiam quantidades maiores de laranja tinham menores chances de desenvolver doença cardíaca e derrame. Placas de gorduras nas artérias (doença cardiovascular) são formadas com a combinação de colesterol alto e excesso de radicais livres. A laranja combate esses radicais livres devido a sua quantidade de antioxidades, o que diminui a chance de desenvolver problemas cardíacos. A laranja possui uma substância conhecida como hesperidina que atua no aumento da diurese e na manutenção da função endotelial agindo como protetora cardiovascular.

8. Afasta doenças respiratórias


Os sintomas das alergias respiratórias podem ser amenizados com o consumo da laranja. A fruta é uma fonte de ácido fólico, responsável por diminuir as crises alérgicas. Uma pesquisa da Escola de Medicina Johns Hopkins (EUA) acompanhou 8 mil pessoas com rinite ou asma, por cerca de dois anos e comprovou os benefícios da laranja.

9. Diminui a prisão de ventre


Um estudo conduzido pelo Centro de Pesquisa em Alimentos da USP (Universidade de São Paulo) mostrou que a ingestão do suco de laranja das variedades laranja baía e laranja cara cara proporcionam mudanças benéficas na composição da microbiota intestinal. Isso ocorre porque todos os tipos de laranjas são ricos em fibras. Quem consome com frequência pode ser beneficiado, pois a fibra é importante para a flora intestinal, a formação do bolo fecal e melhora a prisão de ventre.

10. Previne gripes e resfriados


Pelo fato da laranja ser rica em vitamina C, seu consumo impulsiona o sistema imunológico, melhorando as defesas do organismo. Além de prevenir gripes e resfriados, o nutriente faz com que o tempo de duração das doenças seja menor. A vitamina C age alimentando nossas células de defesa, melhorando nossa capacidade e amplitude imunológica, o que evita esses problemas de saúde.

11. Adia o envelhecimento


A vitamina C apresenta um potente efeito antioxidante, o que auxilia no combate aos radicais livres que causam o envelhecimento precoce. Essa substância remove substâncias potencialmente inflamatórias e que estão relacionadas ao envelhecimento das células do corpo.

12. Colabora com o funcionamento da tireoide


Por ser repleta de carotenoides e vitamina C, a laranja ajuda no bom funcionamento da tireoide. A glândula se encontra na região do pescoço e tem o formato de uma borboleta, sendo responsável por liberar hormônios para todo o organismo. Além disso, a laranja estimula o bom funcionamento imunológico e melhora a absorção do ferro, mineral que costuma estar em falta em quem tem hipotireoidismo (quando a tireoide não produz a quantidade suficiente de hormônio). Uma pesquisa divulgada no The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolis m mostrou que a vitamina C melhora a produção dos hormônios produzidos pela tireoide.

13. Melhora o humor


Consumir alimentos com vitamina C, como a laranja, melhora rapidamente o estado emocional de pacientes hospitalizados, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores do Montre al’s Jewish General Hospital (JGH). As pessoas receberam vitamina C ou vitamina D por sete a dez dias. Aqueles que receberam vitamina C tiveram uma melhora rápida no humor. Veja aqui outros alimentos que melhoram seu humor.

Benefícios em estudo
– Melhora a saúde dos ossos: uma pesquisa divulgada na revista N u t ritio n mostrou que o suco de laranja é um poderoso antioxidante para a saúde dos ossos e ajuda a prevenir a osteoporose, uma condição que deixa os ossos mais frágeis. Foram realizados testes com cobaias.
– Melhora o diabetes: o diabetes é uma das principais causas de mortalidade no mundo. Uma pesquisa realizada com ratos mostrou que a ingestão de antioxidantes, como a vitamina C, presente na laranja, pode reduzir o estresse oxidativo associado ao diabetes e, consequentemente, ajudar a restaurar o sistema de defesa antioxidante do organismo e melhorar os sintomas da doença.

Diferenças entre os tipos de laranja
Há diversos tipos de laranja (baía, seleta, lima, pera…) e a maior diferença entre elas é apenas o sabor, pois elas apresentam valor nutricional muito similar, com poucas variações na quantidade de fibras.
Em relação à vitamina C existe uma pequena diferença entre as laranjas. A fruta que possui maior teor dessa vitamina é a laranja-da-baía (56,9 mg a cada 100 g de alimento), seguida da laranja-pera (53,7 mg). Todas as outras possuem quantidades similares (aproximadamente 42 mg).